Clínica Mirabile - Serviços ›› Endocrinologia ›› Sistema de Infusão Contínua de Insulina (Bomba de Insulina)
Buscar no site Clínica Mirabile
Serviços
Voce está em ›› home ›› Serviços ›› Endocrinologia ›› Sistema de Infusão Contínua de Insulina (Bomba de Insulina)
Endocrinologia
Sistema de Infusão Contínua de Insulina (Bomba de Insulina)

O que é o Sistema de Infusão Contínua de Insulina ou Bomba de Insulina?

A terapia com sistema de infusão contínua de insulina (bomba de insulina) é, atualmente, o padrão ouro no tratamento do diabetes mellitus tipo 1 (DM1), porque permite um controle mais rigoroso das glicemias (medidas de açúcar no sangue), com redução significativa na ocorrência de hipoglicemias (com índice de açúcar abaixo de 70mg/dl), particularmente as graves, associadas à perda de consciência e crises convulsivas. Além disso, melhora a variabilidade glicêmica (oscilações da glicemia), observada com o uso de insulinas administradas pela via subcutânea. 

Com esse sistema, microdoses de insulina são administradas no tecido subcutâneo. permitindo um menor efeito imunogênico (resposta do sistema de defesa do corpo) e uma infinidade de ajustes na quantidade de insulina e na velocidade de infusão administrada.

Como funciona o Sistema de Infusão Contínua de Insulina ou Bomba de Insulina?

O sistema de infusão contínua de insulina ou a bomba de insulina é um dispositivo pequeno e externo que libera insulina de ação rápida ou ultrarrápida durante as 24 horas do dia, com o objetivo de mimetizar a secreção de insulina endógena (secreção interna de insulina normal do corpo humano).

As bombas de insulina de uso externo infundem microdoses contínuas de insulina no tecido subcutâneo, de acordo com uma dosagem previamente programada por cálculos de acordo com a glicemia do momento e a quantidade de carboidrato da dieta. Sabe-se que o tratamento ideal do DM1 é o tratamento intensivo (múltiplas aplicações de insulina subcutânea ao dia ou sistema contínuo de infusão de insulina) em esquema basal-bolus (insulina basal e insulina bolus: refeição e correção).

Esse dispositivo mecânico funciona com comando eletrônico, que injeta insulina de forma contínua de acordo com uma programação prévia ou momentânea e pesa entre 80 e 100 gramas. Os dispositivos mais modernos são ainda menores, mais leves e mais fáceis de manusear e possuem programas especiais que podem ser utilizados de acordo ao estilo de paciente. 

Além disso, esses dispositivos apresentam boa durabilidade, são seguros e possuem suporte técnico provido pelo fabricante. Algumas características das bombas podem variar de acordo com o fabricante como, por exemplo, a capacidade do reservatório de insulina, a liberação de basais e de bolus, a compatibilidade com os glicosímetros (aparelhos de medir a glicemia capilar, ou mais conhecido como teste da ponta de dedo) ou com os medidores contínuos de glicose - que são aparelhos que permanecem, em média 72hs, fazendo medidas da glicose de cinco em cinco minutos, por meio de um cateter conectado ao tecido subcutâneo -, os cálculos específicos para bolus, a simplicidade de programação, a baixa de dados, o preenchimento de reservatório ou cartucho de insulina, a memória de registros, o histórico ou memória de basais e o fato de ser à prova d’água.

Quem pode usar o sistema de infusão contínua de insulina?

Todas as crianças, adolescentes e adultos com DM1, independentemente da idade e alguns casos específicos de DM2, que necessitam de insulinização plena, podem utilizar essa forma de tratamento, com o objetivo de aprimorar o controle glicêmico e ter uma melhor qualidade de vida. 

No entanto, são necessárias noções básicas sobre contagem de carboidratos, bolus refeição e correção, razão insulina-carboidrato e automonitorização (teste da ponta de dedo) mais frequente.

O sistema de infusão contínua de insulina pode ser indicado a pacientes que apresentem episódios de hipoglicemias graves (perda de consciência, crise convulsiva ou auxilio de terceiros), hipoglicemias despercebidas (assintomáticas); variabilidade glicêmica (oscilações extremas da glicemia); presença de complicações crônicas (microalbuminúria, retinopatia) e pacientes com diabetes instável, de difícil controle com outras formas de tratamento com insulina.

Outra indicação desse sistema é em pacientes que desejam gestar e obter melhora do controle glicêmico idealmente desde a pré-concepção, concepção e durante a gestação. Pacientes que necessitem de maior flexibilidade nos horários de refeições ou do exercício profissional se beneficiam com esta forma de tratamento. 

Esta forma de tratamento também é indicada para melhora na qualidade de vida, casos de diabetes diagnosticados no período neonatal e em crianças muito pequenas, abaixo de seis anos. 

Voltar

A Clínica Mirabile é uma empresa construída a partir da experiência médica multidisciplinar dedicada a dar atenção à saúde e à beleza de forma integrada.

Fundada em 2003, em Porto Alegre, é a tradução do modo como projetam profissionalmente suas carreiras os sócios Filipe Menchen e Suzana Lavigne.

Ao inter-relacionar especialidades médicas afins e áreas complementares, alcançam resultados que acreditam serem mais eficazes nas exigências de seus pacientes e ao equilíbrio desejado, quando

se trata de qualidade de vida e bem estar humano. Não por acaso, a expressão Mirabile, que do latim significa admirável, foi a eleita para nominar o centro de saúde.

Com infraestrutura de 500 metros quadrados planejados para unir funcionalidade e conforto, a clínica está localizada na rua Professor Langendonck, 117, no bairro Petrópolis, atendendo a pré-requisitos de segurança e acessibilidade.

Diretor Técnico: Dr. Filipe Menchen - CRM-RS 25.857

Marque sua consulta 51 3335-3388
recepcao@clinicamirabile.com.br
Rua Professor Langendonck, 117
CEP 90630-060
Bairro Petrópolis
Porto Alegre RS
Cadastre seu e-mail na newsletter
(C) 2017 Todos os direitos reservados - Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia do autor. Site desenvolvido por INVENTA Design
Subir para o topo